OBJETIVOS DO PROJETO

Ser magro e musculado tornou-se um imperativo promovido tanto pela comunicação, como pela sociedade em geral, transformando o exercício físico, que é benéfico para a saúde numa mais numa questão de estética.

Para alcançar os resultados desejados o mais rapidamente possível, os atletas recreativos tendem a usar vários suplementos sem efetuar aconselhamento médico prévio. Esses suplementos tornaram-se amplamente disponíveis e podem ser obtidos não só em várias lojas especializadas, mas também em centros de fitness, que atualmente são considerados os maiores promotores de tais produtos.

Apenas um pequeno grupo de treinadores e instrutores estão conscientes do que verdadeiramente significa tomar substâncias estimulantes e qual a sua nocividade. Um grande número de treinadores ainda estão insuficientemente informados sobre este assunto, além disso, na maioria das vezes, os atletas de recreação ainda não entendem ou sabem muito sobre as consequências de tomar substâncias proibidas no que diz respeito á performance desportiva, é por isso que o objetivo principal do projeto Just Sport é educar os grupos-alvo sobre as ameaças e efeitos nocivos do Doping. Além dos treinadores e atletas recreativos em centros de fitness, ginásios ou clubes desportivos, os grupos-alvo incluem também instituições educacionais e de saúde, organizações desportivas e decisores políticos locais, tanto a nível municipal, regional e nacional, como a população em geral e a EACEA como entidade que financia o projeto.

Verificar que os atletas amadores não estão sujeitos a controlos antidoping mas que os efeitos das substâncias dopantes na sua saúde são os mesmos que os atletas profissionais, é verificar que estamos perante um caso de saúde pública por isso é necessário reagir da forma mais rápida e adequada possível.

Durante o período de 18 meses, durante o qual o projeto Just Sport será implementado, os seis países parceiros realizão uma série de atividades que incluem pesquisas e análises da documentação e bibliografia existentes, de modo a identificar as melhores práticas mundiais e na UE e encontrar as melhores maneiras de introduzir tais práticas a nível local, regional e nacional. Além disso, os questionários serão distribuídos aos formadores e atletas recreativos nos centros de fitness e ginásios para identificar seus hábitos de uso de suplementos, e haverá também uma série de módulos de formação antidoping para os grupos-alvo, bem como vários outros eventos para eles e as organizações parceiras.